Almanaque do Jeremias

"QUEM NÃO PODE TER CAVALO,MELHOR CRIAR UM CACHORRO OU GATO", AFIRMA JEREMIAS SANTOS

Jeremias ainda destacou que a responsabilidade pelos animais compete aos seus proprietários, mas o município precisa tão logo,fiscalizar.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em um comentário na edição do Almanaque da última  quinta (07) na Ilhéus FM, o comunicador Jeremias Santos, chamou à atenção para um problema recorrente nas Avenidas Soares Lopes na região central da cidade e Litorânea Norte, no bairro do Malhado.

De acordo com Jeremias, é inaceitável admitir que cavalos sejam criados em lugares públicos, e o pior, sem o mínimo cuidado. Tal prática pode ser configurada como maus tratos de  acordo com o artigo 32 da Lei Federal nº9.605 de 98.

"Quem não pode ter cavalo, melhor criar um cachorro ou gato", afirmou o comunicador. 

Na última quarta feira (06), o Corpo de Bombeiros foi acionado por moradores da Litorânea, para socorrer um desses equinos que encontrava-se debilitado na região. Até o fechamento desta matéria, não obtivemos sobre a condição de saúde do animal.

Não bastasse o descaso com os animais, tal prática poderá causar um acidente de trânsito, diante da proximidade das vias citadas.

Jeremias ainda destacou que a responsabilidade pelos animais compete aos seus proprietários, mas o município precisa tão logo,fiscalizar e punir os infratores.

Fonte

Redação Almanaque
  • COMPARTILHE

"QUEM NÃO PODE TER CAVALO,MELHOR CRIAR UM CACHORRO OU GATO", AFIRMA JEREMIAS SANTOS

07/01/2021 11:32


Em um comentário na edição do Almanaque da última  quinta (07) na Ilhéus FM, o comunicador Jeremias Santos, chamou à atenção para um problema recorrente nas Avenidas Soares Lopes na região central da cidade e Litorânea Norte, no bairro do Malhado.

De acordo com Jeremias, é inaceitável admitir que cavalos sejam criados em lugares públicos, e o pior, sem o mínimo cuidado. Tal prática pode ser configurada como maus tratos de  acordo com o artigo 32 da Lei Federal nº9.605 de 98.

"Quem não pode ter cavalo, melhor criar um cachorro ou gato", afirmou o comunicador. 

Na última quarta feira (06), o Corpo de Bombeiros foi acionado por moradores da Litorânea, para socorrer um desses equinos que encontrava-se debilitado na região. Até o fechamento desta matéria, não obtivemos sobre a condição de saúde do animal.

Não bastasse o descaso com os animais, tal prática poderá causar um acidente de trânsito, diante da proximidade das vias citadas.

Jeremias ainda destacou que a responsabilidade pelos animais compete aos seus proprietários, mas o município precisa tão logo,fiscalizar e punir os infratores.

Fonte: Redação Almanaque

Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )