Almanaque do Jeremias

PASSARELA DO ÁLCOOL: UM INFERNO NO PARAÍSO. DE QUEM É A CULPA?

Consumo de drogas, sexo explicito, brigas, fazem parte da rotina  de quem vive ali.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

É indiscutível que Ilhéus é uma das cidades mais bonitas do Brasil, um verdadeiro PARAÍSO. Porém um dos metros quadrados mais frequentados pelos amantes da boa culinária, transformou-se num INFERNO. 

A passarela do álcool concentra diversos bares e restaurantes,  que recebem um público considerável, sobretudo nos finais de semana.  E é aí que começa o problema. Mesmo antes  da pandemia a região acumula reclamações de moradores que não suportam mais conviver com tanta desordem. Consumo de drogas, sexo explicito, brigas, fazem parte da rotina  de quem vive ali.

Durante esse fim de semana, as cenas se repetiram. Um vídeo enviado à redação do Almanaque, mostra uma grande quantidade de pessoas e uma briga entre diversos homens. Nas imagens percebe-se que a confusão é quase que generalizada, com arremesso de cadeiras, sem a menor preocupação com quem está por perto. 

Na edição do Almanaque desta segunda (04) na rádio Ilhéus FM, o comunicador Jeremias Santos, cobrou mais uma vez providências sobre o assunto,o que segundo ele, tornou-se um problema crônico.

Afinal, de quem é a culpa? Do prefeito? Do comandante da polícia militar da respectiva região? Do Ministério Público? Minha?

 

 

 

Fonte

Redação Almanaque
  • COMPARTILHE

PASSARELA DO ÁLCOOL: UM INFERNO NO PARAÍSO. DE QUEM É A CULPA?

04/10/2021 11:03


É indiscutível que Ilhéus é uma das cidades mais bonitas do Brasil, um verdadeiro PARAÍSO. Porém um dos metros quadrados mais frequentados pelos amantes da boa culinária, transformou-se num INFERNO. 

A passarela do álcool concentra diversos bares e restaurantes,  que recebem um público considerável, sobretudo nos finais de semana.  E é aí que começa o problema. Mesmo antes  da pandemia a região acumula reclamações de moradores que não suportam mais conviver com tanta desordem. Consumo de drogas, sexo explicito, brigas, fazem parte da rotina  de quem vive ali.

Durante esse fim de semana, as cenas se repetiram. Um vídeo enviado à redação do Almanaque, mostra uma grande quantidade de pessoas e uma briga entre diversos homens. Nas imagens percebe-se que a confusão é quase que generalizada, com arremesso de cadeiras, sem a menor preocupação com quem está por perto. 

Na edição do Almanaque desta segunda (04) na rádio Ilhéus FM, o comunicador Jeremias Santos, cobrou mais uma vez providências sobre o assunto,o que segundo ele, tornou-se um problema crônico.

Afinal, de quem é a culpa? Do prefeito? Do comandante da polícia militar da respectiva região? Do Ministério Público? Minha?

 

 

 

Fonte: Redação Almanaque

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )