Almanaque do Jeremias

BOLSONARO DIZ QUE VAI DESTINAR R$ 200 MILHÕES Á BAHIA, MAS SÓ NO ANO QUEM

Na ocasião, Bolsonaro lembrou que o Governo Federal já havia liberado o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que vai destinar R$ 200 milhões para a Bahia por meio de medida provisória (MP). O valor será usado para o auxílio aos municípios atingidos pelas fortes chuvas no estado, porém só será enviado em 2022.

 

“Devemos agora, no início do ano que vem, assinar uma medida provisória com crédito suplementar de R$ 200 milhões para atender o pessoal. Vamos fazer tudo o que for possível por nossos irmãos na Bahia”, disse o presidente em entrevista nesta segunda-feira (27), após chegar a São Francisco do Sul (SC), onde passará as férias com a família.

 

Na ocasião, Bolsonaro lembrou que o Governo Federal já havia liberado o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade para as vítimas das enchentes.

 

SUGESTÃO DE ALIADOS

Aliados do presidente sugeriram que ele adiasse as férias e voltasse a visitar as regiões atingidas pelas chuvas na Bahia. Na visão de um deles, ouvido pelo G1, a presença de Bolsonaro seria “uma questão de solidariedade’, por conta da gravidade da situação (veja mais aqui).

 

No início de dezembro ele esteve em alguns municípios baianos castigados pelas águas. Na ocasião, ele foi criticado por adotar um tom político a visita e por não ter anunciado nenhuma ação efetiva de auxílio às vítimas das enchentes (lembre aqui).

Fonte

Redação Almanaque
  • COMPARTILHE

BOLSONARO DIZ QUE VAI DESTINAR R$ 200 MILHÕES Á BAHIA, MAS SÓ NO ANO QUEM

28/12/2021 12:27


O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que vai destinar R$ 200 milhões para a Bahia por meio de medida provisória (MP). O valor será usado para o auxílio aos municípios atingidos pelas fortes chuvas no estado, porém só será enviado em 2022.

 

“Devemos agora, no início do ano que vem, assinar uma medida provisória com crédito suplementar de R$ 200 milhões para atender o pessoal. Vamos fazer tudo o que for possível por nossos irmãos na Bahia”, disse o presidente em entrevista nesta segunda-feira (27), após chegar a São Francisco do Sul (SC), onde passará as férias com a família.

 

Na ocasião, Bolsonaro lembrou que o Governo Federal já havia liberado o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade para as vítimas das enchentes.

 

SUGESTÃO DE ALIADOS

Aliados do presidente sugeriram que ele adiasse as férias e voltasse a visitar as regiões atingidas pelas chuvas na Bahia. Na visão de um deles, ouvido pelo G1, a presença de Bolsonaro seria “uma questão de solidariedade’, por conta da gravidade da situação (veja mais aqui).

 

No início de dezembro ele esteve em alguns municípios baianos castigados pelas águas. Na ocasião, ele foi criticado por adotar um tom político a visita e por não ter anunciado nenhuma ação efetiva de auxílio às vítimas das enchentes (lembre aqui).

Fonte: Redação Almanaque

Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )